Intolerância Alimentar

    • Teste de Intolerância Alimentar – 54 alimentos (IgG)

      R$490,00

      A intolerância alimentar se deve à uma resposta do sistema digestório ao alimento, em que pode ocorrer a dificuldade na digestão do alimento, pela falta de enzimas necessárias ao processo. O sistema imunológico também tem seu papel, ao identificar estes alimentos como nocivos ao corpo humano, assim produzindo anticorpos (IgG). Estes fenômenos levam ao aparecimento de sintomas característicos, listados abaixo.

      Esta patologia não deve ser confundida com a alergia alimentar, em que a reação é rápida e pode ser grave, como em casos de anafilaxia. A intolerância pode ser medida pelo IgG (imunoglobulina G) e a reação pode ser tardia, além da possibilidade de demorar dias para desaparecer.

      Os sintomas mais comuns são: dor estomacal, diarreia, cólicas, refluxo gástrico, inchaço abdominal, evidência de fraqueza, tontura, dores articulares, dor de cabeça, insônia e erupções cutâneas, geralmente acompanhadas de coceira.

      O diagnóstico destas condições é muito importante para manter a qualidade de vida do indivíduo, já que os sintomas podem afetar o cotidiano e as atividades básicas diárias. O primeiro passo é estar atento para as manifestações do organismo e, se for necessário, procurar um serviço especializado.

      Com o diagnóstico em mãos, o paciente é capaz de adequar a dieta e eliminar os alimentos aos quais é intolerante. Dessa forma, desaparecem todos os sintomas incômodos e a flora intestinal é preservada de futuras agressões.

      Possuímos a opção mais rápida com 54 alimentos e outra mais completa com 222 alimentos. Lembrando que esse exame busca detectar a presença de anticorpos na corrente sanguínea.

      12x de R$40,83

    • Teste de Intolerância Alimentar – 108 alimentos (IgG)

      R$960,00

      A intolerância alimentar se deve à uma resposta do sistema digestório ao alimento, em que pode ocorrer a dificuldade na digestão do alimento, pela falta de enzimas necessárias ao processo. O sistema imunológico também tem seu papel, ao identificar estes alimentos como nocivos ao corpo humano, assim produzindo anticorpos (IgG). Estes fenômenos levam ao aparecimento de sintomas característicos, listados abaixo.

      Esta patologia não deve ser confundida com a alergia alimentar, em que a reação é rápida e pode ser grave, como em casos de anafilaxia. A intolerância pode ser medida pelo IgG (imunoglobulina G) e a reação pode ser tardia, além da possibilidade de demorar dias para desaparecer.

      Os sintomas mais comuns são: dor estomacal, diarreia, cólicas, refluxo gástrico, inchaço abdominal, evidência de fraqueza, tontura, dores articulares, dor de cabeça, insônia e erupções cutâneas, geralmente acompanhadas de coceira.

      O diagnóstico destas condições é muito importante para manter a qualidade de vida do indivíduo, já que os sintomas podem afetar o cotidiano e as atividades básicas diárias. O primeiro passo é estar atento para as manifestações do organismo e, se for necessário, procurar um serviço especializado.

      Com o diagnóstico em mãos, o paciente é capaz de adequar a dieta e eliminar os alimentos aos quais é intolerante. Dessa forma, desaparecem todos os sintomas incômodos e a flora intestinal é preservada de futuras agressões.

      Possuímos a opção com 108 alimentos e outra mais abrangente, com 222 alimentos. Lembrando que esse exame busca detectar a presença de anticorpos na corrente sanguínea.

      12x de R$80,00

    • Teste de Intolerância Alimentar – 222 alimentos (IgG)

      R$2.270,00

      A intolerância alimentar se deve à uma resposta do sistema digestório ao alimento, em que pode ocorrer a dificuldade na digestão do alimento, pela falta de enzimas necessárias ao processo. O sistema imunológico também tem seu papel, ao identificar estes alimentos como nocivos ao corpo humano, assim produzindo anticorpos (IgG). Estes fenômenos levam ao aparecimento de sintomas característicos, listados abaixo.

      Esta patologia não deve ser confundida com a alergia alimentar, em que a reação é rápida e pode ser grave, como em casos de anafilaxia. A intolerância pode ser medida pelo IgG (imunoglobulina G) e a reação pode ser tardia, além da possibilidade de demorar dias para desaparecer.

      Os sintomas mais comuns são: dor estomacal, diarreia, cólicas, refluxo gástrico, inchaço abdominal, evidência de fraqueza, tontura, dores articulares, dor de cabeça, insônia e erupções cutâneas, geralmente acompanhadas de coceira.

      O diagnóstico destas condições é muito importante para manter a qualidade de vida do indivíduo, já que os sintomas podem afetar o cotidiano e as atividades básicas diárias. O primeiro passo é estar atento para as manifestações do organismo e, se for necessário, procurar um serviço especializado.

      Com o diagnóstico em mãos, o paciente é capaz de adequar a dieta e eliminar os alimentos aos quais é intolerante. Dessa forma, desaparecem todos os sintomas incômodos e a flora intestinal é preservada de futuras agressões.

      Possuímos a opção mais abrangente com 222 alimentos e outra com 108 alimentos. Lembrando que esse exame busca detectar a presença de anticorpos na corrente sanguínea.

      12x de R$189,17

    • Teste de Celiac Test

      R$960,00

      A doença celíaca é uma doença autoimune, na qual o corpo age contra as células do próprio organismo. Essa agressão leva a um processo inflamatório extenso, provocado pela presença de uma fração do glúten: a proteína chamada gliadina, que está presente no trigo, cevada e centeio.

      Esta inflamação traz alguns sintomas para o indivíduo e possui uma história de progressão, na qual pode levar à atrofia das vilosidades do intestino, diminuindo a absorção de nutrientes, vitaminas, sais mineiras e água. Os sintomas mais prevalentes são os digestivos: diarreia, constipação, náuseas, cólicas e dor abdominal; porém também surgem anemia, dermatite, queda capilar e cansaço.

      A patologia possui caráter hereditário e, em alguns casos, permanece latente ou com poucos sintomas por longos períodos. A descoberta é ainda mais importante durante a infância, para evitar complicações futuras e prejuízo do desenvolvimento físico.

      Os melhores exames são os que detectam a presença de anticorpos contra o glúten no sangue, além da realização de biópsia intestinal, sendo este método muito mais invasivo. Nosso serviço oferece a detecção da incompatibilidade genética ao glúten, o anticorpo antiendomísio (IgA e IgG), o anticorpo antitransglutaminase (IgA e IgG) e o anticorpo antigliadina.

      A progressão da doença não tratada tem risco de se complicar com o surgimento de linfomas intestinais, em 6 a 8% dos pacientes. Portanto, é necessário o diagnóstico precoce para a introdução assertiva de uma dieta sem glúten. Assim como deve ser feita a correção de deficiências nutricionais do paciente.

      12x de R$80,00

    Start typing and press Enter to search

    Carrinho

    Nenhum produto no carrinho.